Budapeste: o que ver no lado Buda

Como já disse, Budapeste é dividida pelo rio Danúbio. De um lado Buda, de outro Peste. São cantos que se complementam mas é melhor manter essa divisão na hora de fazer o seu roteiro.  Pelo menos um dia em buda, outro em peste.

Pra começar a rodar em Buda, caso você esteja hospedado no lado Peste, eu te sugiro fazer assim:

 1. Atravesse o rio Danúbio pela ponte das correntes.

leste-europeu2013-488 leste-europeu2013-482

2. Pegue o funicular para chegar ao Palácio Real, que na verdade trata-se de um conjunto de edifícios, construídos no século XIV e reconstruídos após a Segunda Guerra que hoje abrigam os dois principais museus da cidade: a Galeria Nacional e o museu da História de Budapeste, se bem que eu gostei do museu Nacional húngaro, no lado Peste.

leste-europeu2013-654 leste-europeu2013-656 leste-europeu2013-658 leste-europeu2013-672 leste-europeu2013-682 leste-europeu2013-689

3. Saindo do Palácio, caminhe em direção a Igreja de Matias, uma construção do século XIII onde funcionou também uma mesquita e renovada no século XIX, tornou-se igreja católica, recebendo os telhados coloridos e as gárgulas.

 leste-europeu2013-693 leste-europeu2013-717

 4. Depois vá conhecer o Bastião dos Pescadores. A vista que se tem da cidade é emocionante! A arquitetura dessas construções também é de arrepiar.

 leste-europeu2013-715

leste-europeu2013-710

Parece pouco mas você já viu bastante coisa caso tenho incluído os museus do Palácio Real. Sendo assim, a fome deve estar apertando e pequenos restaurantes na região próxima a igreja são bem interessantes e com os preços atrativos. Escolha um, já que todos possuem basicamente o mesmo cardápio. Eu te sugiro deixar para comer a sobremesa no café Ruszwurm – o mais antigo Coffee House de Budapeste, com doces maravilhosos! E a melhor torta que já comi nessa encarnação!! Encontrá-lo é fácil. O café fica numa ruazinha atrás da Igreja  Mathias. Não deixe de passar lá!

Jpeg

Jpeg

Jpeg

Jpeg

 5. Depois,  siga para a cidadela ou citadela que fica no alto da colina de Gellert. Lá está a estátua da Liberdade com seus 14 metros de altura. A estátua foi erguida em 1947 em homenagem a libertação da Hungria.

leste-europeu2013-740 leste-europeu2013-744 leste-europeu2013-748 leste-europeu2013-753 leste-europeu2013-754

Nessa fortificação, utilizada na Segunda Guerra, funciona um museu militar e um hotel. A vista do alto dessa colina merece sua atenção.

Você pode descer a colina Gellert a pé, até porque pra baixo todo santo ajuda. Se fizer isso, terminará a descida em frente ao hotel e termas Gellert que pode ser visitado no mesmo dia, se bem que acho que ficará meio corrido então  deixe para o dia seguinte, já que saberá o caminho e terá mais tempo para curtir as piscinas de banho termal.

5 thoughts on “Budapeste: o que ver no lado Buda

  • 01/06 at 10:45 pm
    Permalink

    Juliana em qual lado é melhor ficar hospedado, sendo jovem e solteira? em Buda ou Peste?

    Reply
    • 01/06 at 10:58 pm
      Permalink

      Olá Claudia, obrigada pela visita!
      Eu fiquei no lado Peste e gostei muito. Recomendo!

      Reply
    • 01/12 at 10:34 am
      Permalink

      Olá,

      Eu ficarei no lado Oeste ( hotel danibius Astoria), perto de tudo e o lado mais badalado, com pubs,bares e restaurantes e hotéis

      Reply
  • 15/08 at 10:38 am
    Permalink

    Juliana, parabéns pelo blog. Deverei viajar para Budapeste em junho de 2014, e suas informações me foram muito úteis. Acho que agora posso programar melhor a minha passagem por Budapeste.

    Reply
    • 16/08 at 8:53 am
      Permalink

      Olá Haroldo, muito obrigada pela visita. Acho que você vai gostar de Budapeste, é uma cidade muito interessante e diversificada.

      abraços, Juliana

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: