Budapeste: o que ver no lado Peste

O lado Peste de Budapeste me pareceu menos turístico mas não menos bonito. Ficamos hospedados neste lado e foi uma ótima escolha.

Em Peste estão a Basílica de Santo Estevão, o centro comercial e a avenida Andrassay, o bairro judeu,  o Museu Nacional Húngaro o parque municipal, a praça dos Heróis,o Museu do terror (que eu não fui), o Mercado municipal e provavelmente uma das obras arquiteturais mais bonitas que já vi na Europa: o Parlamento Húngaro.

 Bom, te sugiro que o seguinte roteiro:

1. Comece pela Basílica de Santo Estevão que pela manhã é mais vazia. Belíssima Igreja onde está guardada a relíquia religiosa que é a mão de Santo Estevão.

2. Vá para o centro da cidade, percorra a Vaci Utca e note a quantidade de músicos de rua que se apresentam ao longo dela. Pare na Avenida Andrassay para almoçar se estiver disposto a pagar um pouco mais. As lojas de grife, as mais charmosas  e o edifício da Ópera estão ali.

3. Percorra o bairro judeu e visite a Sinagoga (não pude tirar foto lá dentro, fico devendo…) Bons restaurantes com preços agradáveis podem ser encontrados nessa região.

4. Visite o Museu Nacional Húngaro. Um museu muito bem montado, localizado em um prédio imponente e com uma exposição didática  e muito interessante que conta a formação da Hungria desde seu comecinho até os dias atuais.

Se quiser trocar o Museu Nacional pelo Museu do Terror pode ser uma boa, aí vai depender do que você gosta de ver.

 5. Se museu não for o seu forte, vá até o parque da cidade.

 6.Conheça a Praça dos Heróis, um belo monumento que fica em frente ao Parque da cidade

 

7. E termine o dia no Mercado Municipal, um ótimo lugar para comer bem e barato além de encontrar ótimas peças de artesanato. Use e abuse do metrô.

 

 No dia seguinte, ainda no lado peste:

 1. vá ao Parlamento (já tem um post exclusivo),

2. Caminhe pelas margens do Danúbio, admire suas pontes. Se não tiver dado tempo antes, vá ao Mercado Municipal,  aproveite para comprar a famosa páprika em todas as formas, in natura, em conserva, desidratada, em pó, do jeito que você quiser!!

 Depois de tanto caminhar, que tal no terceiro dia relaxar em uma terma?? Hummmm..

As termas são tão antigas quanto a cidade. Locais onde todo mundo vai para relaxar, fazer exercícios na piscina ou passar o tempo. Fomos conhecer as termas Gellert, no hotel de mesmo nome. Não chegamos a entrar nas piscinas mas conhecemos as dependências e vontade de dar um tchibum não faltou. Os valores são os mais variados, vai depender da área e do período que você vai usar. Há tratamentos terapêuticos e você pode alugar até a roupa de banho.

Eu sempre digo que caminhar é melhor maneira de se conhecer um lugar, pode parecer que citei poucos lugares, é claro que Peste tem muito mais, mas isso é o básico para conhecer com calma. Tem coisa melhor do que percorrer um parque devagar, admirando tudo ao redor? Museu é outro lugar que tem que ser visto sem hora marcada, cada pessoa tem seu tempo. Eu já corri muito em minhas viagens, na ânsia de ver-tudo-ao-mesmo-tempo-agora. Mas sei lá, hoje estou em outro ritmo, vendo tudo com mais calma, me programando para CONHECER e não apenas VER.

Boa viagem.

5 thoughts on “Budapeste: o que ver no lado Peste

  • 16/06 at 12:14 pm
    Permalink

    Boa tarde

    Ex.ª Menina Juliana

    A minha esposa gostou de uns bonecos de Madeira -coloridos e imanes para colocar no frigorifico e gostaria de saber preços . Gostou muito de uns Panos de bordados de Renda coloridos -gostaria de saber preços das peças e o tempo que demora para serem enviados.

    Muito obrigado

    Carlos Valente

    Reply
    • 16/06 at 12:22 pm
      Permalink

      olá Carlos,
      este é um blog de viagens, eu não comercializo objetos…

      Reply
    • 16/06 at 12:23 pm
      Permalink

      Olá Carlos,
      Este é um blog sobre viagens, eu não comercializo artesanato.

      Reply
  • 15/06 at 1:08 pm
    Permalink

    gostaria de poder adquirir alguns artigos de artesanato da Húngria. Como posso adquirir e forma de visualizar os bonecos pequenos e bonecas .
    obrigado
    Sem outro assunto

    Carlos Valente

    Reply
    • 15/06 at 6:42 pm
      Permalink

      Olá Carlos, não entendi sua pergunta.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: