Escolhendo um destino…

São dezenas de países, dezenas de regiões. Do que você gosta? O q você quer ver? Qual país te chama mais atenção? Quanto tempo você tem? Se forem 10 dias, recomendo dois países, no máximo três, dependendo do tamanho. Para um viajante remediado, 20 dias é o ideal para não explodir o cartão de crédito.

Mas você não sabe exatamente para onde quer ir? O que eu acho muito difícil, a maioria das pessoas quando resolve conhecer a Europa, por exemplo, já tem em mente onde quer ir, o que quer ver. Qual o seu perfil? Idade? Tem noção de algum outro idioma? Lembre-se que se você está programando conhecer algum outro país sem ser por pacote de agência, você não terá guias, por esse motivo é bom que você tenha pelo menos um dicionário do idioma do país ou países que pretende conhecer. Eu me virei bem com meu portunhol básico e meu inglês sofrível. Quando tinha alguma dúvida, corria pro guia de viagem ou pro dicionário. Por falar em guia de viagem, recomendo muito que você adquire um. O que utilizo e acho o mais completo e simples, com mapas, guia de ruas, dicas afins é o Guia Visual Folha de São Paulo. Tem edição separada por países e tem a  geral da Europa, uso este e tem me servido super bem. Recomendo também que você utilize o Googlemaps para localizar e imprimir pontos importantes, tais como o hotel que você se hospedará, rotas que quer percorrer dentro de uma localidade para não se perder e não perder muito tempo, etc. Se tiver bom relacionamento com a tecnologia, um tablet pode ser muito útil. Você pesquisa na internet e salva o que é importante. Só não esqueça de recarrega-lo no hotel.

Então, já traçou a sua rota? Quer sugestões?

Sou suspeita pra falar mas se tivesse apenas uma oportunidade na vida de conhecer um único país na Europa, eu certamente escolheria a França, especificamente a cidade de Paris. Mas isso é pessoal, a primeira vez que fui para lá foi com a cara e a coragem e ainda levei minha mãe junto como cobaia dos meus planos de conhecer a cidade toda (doce, doce ilusão) em uma semana! Sem dúvida foi o lugar mais bonito que já conheci na vida.  Mas existe a Itália, Portugal, Espanha, Alemanha, Holanda, Reino Unido, etc…  Qual o seu sonho? Transforme-o em objetivo!!  E vá viajar!

 

2 thoughts on “Escolhendo um destino…

  • 21/11 at 4:59 pm
    Permalink

    Juliana, seus posts são muito legais! Sou um #viajanteremediado, tenho uma verdadeira paixão por conhecer lugares novos e só viajo “desempacotado”. Todas as viagens que fiz, pelo menos até agora, foram perfeitas, apesar de acontecer exatamente o que você relata: nunca dá tempo de fazer tudo que havíamos planejado. Mas se você está viajando de cuca fresca, é sempre o maior barato. E por que minhas viagens sempre deram certo? É que eu gosto de planejar com bastante antecedência, incluindo aí a parte financeira, para não ser pego de surpresa pela fatura do cartão de crédito ao final do passeio. Atualmente estou iniciando o planejamento de uma viagem para a Europa que devo realizar em 2013. Foi buscando informações na net que cheguei ao seu blog e estou escrevendo para aproveitar a tua experiência e te pedir uma dica: vou reservar 20 dias para a viagem, some-se a isso os dias necessários para ir e voltar ao Brasil, pretendo ir a França (Paris) e Itália (Milão e Veneza). O que você sugere de roteiro de viagem entre França e Itália? Que lugares conhecer e que meios de transporte utilizar? Desde já agradeço por qualquer informação e parabéns pelos seus posts.

    Reply
    • 21/11 at 7:22 pm
      Permalink

      Olá Rodrigo! muito obrigada por acompanhar o blog. Bom, a Itália está nos planos para março do ano q vem ja a França eu conheço, estive algumas vezes. Para meio de transporte, sem dúvida o melhor são os voos chamados “low cost”, aqueles promocionais de empresas aéreas menores. O problema são as restrições, especialmente com relação ao peso da bagagem, vc não pode ultrapassar o peso estabelecido senão paga uma grana alta. Eu sempre viajo com o minimo possível, tipo mochilão mesmo então nunca tive problemas com bagagem. Se você tiver tempo disponível, faça alguns trechos de ônibus. São mais demorados, óbvio, mas a paisagem não tem preço. Fiz vários trechos de ônibus na Espanha e só assim pude perceber como cada região é diferente uma da outra. Conforme íamos mudando de região, a vegetação, o clima, a paisagem ia mudando claramente. Fui de Zaragoza a Paris, passando por Bordeaux e foi uma viagem ótima. Os europeus utilizam muito o trem, que é prático, seguro e rápido entretanto, entre os trechos mais “famosos” pode sair mais caro do que uma passagem de avião. Talvez não valha tanto a pena. E alguns trechos de ônibus dentro do país é muito mais barato do q trem ou avião.
      Tenho vários post “pendentes” sobre Paris. É uma cidade que tem tanta coisa pra ver e fazer que merecia um blog só para ela! O bacana de Paris é que tem de museus a praças, cafés, monumentos e tantas coisas mais… se for visitar museus, procure os dias em que eles são gratuitos, vc economiza bastante. No perímetro central da cidade você pode visitar inúmeros lugares, a Catedral de Notre Dame, o Louvre, o arco do Triunfo, a Champs Elisees, a torre Eiffel… caminhar pelas margens do Sena e caminhar, caminhar… Ande muito por Paris! Cada pedacinho é especial. E o melhor o monumentos são gratuitos! Exceto subir a Torre, os monumentos mais interessantes de Paris estão ali no meio da rua pra todo mundo ver! Não esqueça de comprar o tíquete de metrô chamado “Paris visite”, é um tíquete que vc adquire no guichê do metro e te proporciona viagens ilimitadas por ,1, 3 e até 10 dias. Você escolhe. Além de poupar tempo, como a rede metroviária é muito boa, você pode utilizar o metro várias vezes por dia e o ônibus de linha tbm. Dependendo da linha escolhida é quase um city tour!
      Espero ter ajudado!
      Boa sorte e boa viagem!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: