Giverny e os jardins de Monet

A primavera se aproxima da Europa, os dias ficam mais longos, as pessoas saem de casa,  todo mundo de férias, mais cor, mais calor, mais vida e um dos passeios que só podem ser feitos nessa época do ano fica em Vernon, distante 45 minutos de trem de Paris…

recoverd_jpg_file3190

Você já ouviu falar em um pintor do século XIX chamado Claude Monet? Pertencente ao estilo impressionista, Claude Monet passou parte da sua vida em Vernon, mais precisamente em Giverny onde eternizou a paisagem do seu jardim em centenas de quadros que estão espalhados pelo mundo inteiro e conquistam a cada dia mais admiradores.

recoverd_jpg_file12835

Ao chegar nos jardins, a sensação que se tem é que de repente mergulhamos em suas obras, que estamos dentro dos seus quadros. Uma casa linda com mobiliário conservado da época, flores de todos os tipos e cores, um pequeno lago com barquinho exatamente como nos quadros ja vistos no Museu d’Orsay em Paris e aqui no Brasil no MASP e tantos outros ângulos que fazem dos jardins um grande cenário para fotos e contemplação.

recoverd_jpg_file12900-copia recoverd_jpg_file12836

Foi um início de tarde maravilhoso. Apesar dos jardins estarem com um considerável número de visitantes, havia espaço para todo mundo se perder por eles e ficar horas admirando toda aquela beleza que nos faz ter certeza de que Deus existe porque só Ele poder criar plantas em formas e cores tão perfeitas.

recoverd_jpg_file13702 recoverd_jpg_file13728

Eu estou sempre procurando sugestões de passeios acessíveis e fiquei muito feliz quando fiz as contas e descobri que  indo por conta própria gastaria bem menos caso fosse com um grupo de excursão de Paris.

recoverd_jpg_file13726 recoverd_jpg_file16400 recoverd_jpg_file13733

Então, vamos ao serviço para você programar sua ida a Giverny sem problemas, gastando pouco e tendo a certeza de que conheceu mais um pedacinho encantador da Europa.

Ok, não importa em que região de Paris você está hospedado, pegue o seu mapinha do metrô, encontre a estação de Saint Lazare ou Gare de Saint Lazare (cola: é a linha 14) e desça lá.  Saindo da plataforma do metrô, procure o guichê da SNCF, é um guichê grande com várias indicações para você encontra-lo com facilidade.

Vou te dar mais uma dica: as saídas acontecem às 8h20, 10h20, 12h20 e 14h20. Os trens partem britanicamente nesses horários. Chegando no guichê, compre a passagem para Vernon, cidade onde ficam os jardins. Ida e volta custam 26,60 Euros em trens super confortáveis. Ah! para você não se perder com os horários, pegue um folder no guichê no momento da compra.

Passagens de trem compradas, chegou a hora do embarque!! Fique de olho nos monitores que indicam o número da plataforma. Ela não vem registrada na passagem, portanto preste atenção!  Vinte minutos antes o trem abre as portas e você pode entrar. Aproveite a viagem, ela dura 45 minutos.  Chegando em Vernon, você irá notar indicações para pegar um ônibus branco que te levará para Giverny. Os ônibus saem rigorosamente 10 minutos após a chegada do trem, portanto não perca tempo, ele fica localizado na saída do terminal de trens e vá logo para lá. A passagem é paga diretamente ao motorista e custa 6,50 Euros  ida e volta. O motorista vai te dar um tíquete para validar na máquina tanto na ida como na volta.

O trajeto demora em torno de 15 minutos. Os ônibus param no estacionamento e é só seguir as placas de localização.

A entrada para a casa e jardins de Monet tem um endereço óbvio: Rue Claude Monet!

recoverd_jpg_file3192

Pequenos restaurantes e poucos cafés te dão a opção de almoçar ou fazer um lanche nos arredores antes ou depois da visita. Também há uma loja que vende mudas, flores e sementes das espécies encontradas no jardim mas lembre-se: não podemos trazer nenhum tipo de amostra de vegetação nas malas. Se você quiser arriscar, é por sua conta…

A entrada para a casa e seus jardins custa 9 Euros mas se você quiser complementar pode comprar o combo que dá direito a conhecer a  Fundação Claude Monet com exposições temporárias por 15 Euros. Eu queria ver mesmo a casa e especialmente os jardins, então comprei o ingresso de 9 Euros.

Não existe um circuito exato para percorrer os jardins. Deixe-se levar pela beleza e inúmeras cores.

Terminando a parte “econômica” do post veja a comparação: se você optar por fazer uma excursão em uma empresa muito conhecida e conceituada na Europa, você desembolsará  75 Euros. Mas se você optar em ir por conta própria, e já deve ter notado que não há mistério nenhum, desembolsará 45,50 Euros.  Então, o que me diz?

Ah, e não esqueça de ficar de olho no horário de volta dos ônibus e trens. Mais uma cola: os ônibus que te levam de volta para o Terminal de Trem de Vernon saem do mesmo lugar de chegada às 12h20, 14h25, 16h25, 17h25 e o último sai às 18h25.

Bom passeio a Giverny!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: