O museu do futebol no Maracanã

Quando o pessoal do blog foi visitar a reforma do Maracanã para a Copa de 2014, recebeu de brinde uma visita muito bacana ao museu do Futebol situado na Torre de Vidro.

O museu que mescla a história do Estádio com a do futebol mundial, foi uma volta ao tempo. Das fotografias da construção em 1950, do acervo do jogadores que por ali passaram, dos momentos emblemáticos do Estádio como a visita do Papa João Paulo II e tantos outros momentos fizeram da visita uma agradável surpresa até para aqueles que não curtem muito esse esporte.

Hall da Fama com os pés “abençoados” dos maiores jogadores do mundo  compõem o primeiro  módulo da exposição. Ali é só procurar os pés do seu jogador preferido, provavelmente estará lá.

O acervo e imagens antigas da construção do estádio em 1950, mostram como esse projeto audacioso para muitos e considerado impossivel de realizar para outros, foi um marco na história do esporte no país.

Um pouco de História: “A construção do Maracanã foi muito criticada por Carlos Lacerda, na época deputado federal e inimigo político do prefeito da cidade, o general Ângelo Mendes de Morais pelos gastos e, também, devido à localização escolhida para o estádio, defendendo que o mesmo fosse construído em Jacarepaguá. Ainda assim, apoiado pelo jornalista Mário Rodrigues Filho, Mendes de Morais conseguiu levar o projeto para frente. Na área escolhida, situava-se uma arena destinada à corrida de cavalos.

A concorrência para as obras foi aberta pela prefeitura do Rio de Janeiro em 1947, tendo como projeto arquitetônico vencedor o apresentado por Miguel Feldman, Waldir Ramos, Raphael Galvão, Oscar Valdetaro, Orlando Azevedo, Pedro Paulo Bernardes Bastos e Antônio Dias Carneiro. As obras iniciaram-se em 2 de agosto de 1948, data do lançamento da pedra fundamental. Trabalharam na construção cerca de mil e quinhentos homens, tendo somado a estes mais dois mil nos últimos meses de trabalho.

Apesar de ter entrado em uso em 1950, as obras só ficaram completas em 1965. Sua inauguração deu-se com a realização de uma partida de futebol amistosa entre seleções do Rio de Janeiro e São Paulo no dia 16 de junho de 1950, vencida pelos paulistas por 3 a 1. O meio-campista da equipe carioca Didi foi o primeiro autor de um gol no estádio.”

Fonte: http://www.oriodejaneiro.net/maracana.htmm

O acervo também é composto por uniforme de jogadores célebres como esse aí de cima que pertenceu a Mané Garrincha. Papai sempre me dizia que eu era uma pessoa de sorte por ter nascido no dia 7, número da camisa do Garrincha…

Trave e bola do gol 1000 do Pelé.

O acervo diversificado mostra, por exemplo, a mala onde eram transportados os ingressos e o dinheiro arrecadado nos jogos, as primeiras cadeiras, a catraca para entrada e as poltronas utilizadas pelo Papa João Paulo II em sua última visita ao Brasil. Além de chuteiras, flâmulas, uniformes, fotografias da época, ingressos originais e mais um bocado de informações.

Ganhamos esse livro que conta em detalhes todo o projeto de preparação do Rio para a Copa do Mundo.

Foi uma visita ótima, apesar de não curtir e não entender muito de futebol, conhecer melhor a história desse gigante chamado Maracanã foi muito legal e divertido. Valeu demais!

Então, você quer conhecer o Museu?

INFORMAÇÕES: (21) 8871-3950

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: 9h às 19h, de segunda a domingo, inclusive feriados.

INGRESSOS PROMOCIONAIS: R$ 20,00 (Estudantes brasileiros pagam meia. Pessoas da terceira idade e portadores de necessidades especiais e seu acompanhante com carteira de identificação não pagam).

AGENDAMENTO DE ESCOLAS: visitamaracana@suderj.rj.gov.br

3 thoughts on “O museu do futebol no Maracanã

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: