Oito horas em Amsterdam

O que fazer em uma conexão de oito horas em Amsterdam? Pois é, tínhamos  só esse tempo para dar um giro pela cidade e ter uma ideia do que ela pode nos oferecer. Depois de um voo KLM super tranquilo, desembarcamos em Amsterdam perto do almoço. E agora? Fazer o que?? Fomos para o centro da cidade e naquela hora a fome já estava batendo forte e eu só pensava no que o Daniel do Ducs Amsterdam falava no tal de stroopwafel… Comemos um sanduíche e fomos dar uma volta de barco, bem em frente a estação central tem um centro de informações turísticas e lá vendem ingressos para passeios de barco. Compramos e fomos dar uma volta, confortavelmente sentados dentro da embarcação porque não havia a menor condição de seguir qualquer trajeto caminhando depois de uma noite toda mal dormida… Vida de classe econômica é assim.

E eu, mesmo depois de ter devorado um sanduíche enorme na estação, continuava pensando no stroopwafel… sou viciada em doces, não ligo a mínima para pratos salgados mas os doces são problemáticos…

O trajeto feito pelo barco era lindo, percorria alguns canais e podíamos ver a vida seguindo ora a pé, ora de bicicleta. O dia estava lindo, um céu azul e um ventinho fresco.

Leste europeu2013 327 Leste europeu2013 328 Leste europeu2013 331 Leste europeu2013 332 Leste europeu2013 334

Terminamos o passeio marítimo perto do Rijksmuseum, não sei exatamente onde, mas caminhamos cerca de 15 minutos até avistar aquele edifício lindo e badaladíssimo porque finalmente suas obras haviam acabado e ele estava totalmente reaberto – O Museu Van Gogh!

Leste europeu2013 362 Leste europeu2013 354 Leste europeu2013 353

Obviamente não iria dar tempo de entrar no museu e por isso, optamos em dar uma volta por ali mesmo, visitar uma feirinha, comprar uns imãs de geladeira e finalmente, (!!!!) o stroopwafel, que é um waffle recheado com caramelo… ai, ai…

Gente!!! Que coisa gostosa!! Comi o pacotinho inteiro! Nem precisou de café pra dar aquele “tchan”Jpeg. O Tal do waffle é de uma gostosura que nossa, se você que está lendo este post está pensando em ir a Amsterdam, pode trazer um pacotes pra mim???? 🙂

No mais,  passamos pelo Museu Van Gogh observando o vai e vem de gente.

Leste europeu2013 365 Leste europeu2013 364 Leste europeu2013 359 Leste europeu2013 349 Leste europeu2013 344 Leste europeu2013 342 Leste europeu2013 336

Ahhh! Não posso esquecer de falar das tulipas! Sim, estamos na primavera e elas estão lindas, coloridas, alegres, enfeitando a cidade e deixando tudo mais inspirador!! Não vi muitas por onde andei mas vi o suficiente pra continuar achando que elas são as flores mais lindas que eu conheço.

Leste europeu2013 369 Leste europeu2013 372 Leste europeu2013 371

 O tempo foi curto e de fato teremos que voltar a cidade. Em menos de oito horas o que dá pra fazer é dar uma volta de barco ou a pé, dependendo da sua disposição e uma passada rápida para tirar aquela foto clássica em frente aquelas letras enormes!! Se você está em uma conexão muito longa, não programe muitas atrações. No caso de Amsterdam, chegar ao centro é rápido e fácil mas em outras cidades pode não ser tão simples. E vamos combinar, às vezes uma simples volta sem compromisso por algum lugar pode render muito mais do que uma programação milimetricamente pensada.

 Tenho que citar dois blogs que nos deram um help e que você tem dar uma olhada: turista profissional da Ana Catarina Portugal que dá o beabá de como ir do aeroporto até o centro da cidade de trem além de dicas da cidade e o Ducs Amsterdam, o culpado por eu ter me apaixonado pelo stroopwafel!!

2 thoughts on “Oito horas em Amsterdam

    • 27/04 at 11:17 pm
      Permalink

      Nossa Filipe! Não sabia que as fotos não estavam aparecendo! Super obrigada! vou refazer o post.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: