Praga: roteiro para três dias (dia 1)

Nesse tour pelo leste europeu, passamos 4 dias em Praga e foram surpreendentes! Praga é muito mais bonita do que eu imaginava… Fazia ideia do que ia encontrar, mas a surpresa estava em cada esquina. Lá não visitamos museus mas fomos ao Ballet e caminhamos bastante como é de praxe. A cidade em si já é um museu a céu aberto, a arquitetura, o bairro do Castelo, a feira de produtos locais da praça Wenceslau, o relógio astronômico que já falei aqui e tantos outros detalhes, incluíram Praga na minha lista de cidades que TENHO que voltar mais vezes.

Bom, vou dividir o roteiro em três dias, para ficar mais fácil a organização.  A cidade é pequena e é provável que você nem precise utilizar o transporte público. 

Dia 1

Ponte Carlos ou Charles Bridge

Linda é pouco! Uma ponte que hoje é só para pedestres foi construída em 1357 toda em pedra. por ordem do imperador Carlos IV em substituição a ponte de madeira que foi destruída em uma enchente. São 516 metros de comprimento de uma verdadeira obra de arte. É claro que não dá pra falar da ponte e não mencionar suas estátuas barrocas religiosas. Não se sabe exatamente porque elas foram colocadas lá, a explicação mais provável é de que famílias mais abastadas mandavam esculpir seus santos de devoção para colocá-los sobre um dos pilares da ponte. Cada pilar tem um santo ou uma cena de alguma passagem religiosa. Acho que a origem é o que menos importa, o que chama atenção é que cada uma é diferente da outra, o que torna a ponte Carlos um exemplar único, verdadeiramente bonito. Tiramos tantas fotos que tá difícil escolher o que publicar aqui. Dica: na ponte existem dezenas de artesãos mas suas obras são muito caras. São lindas, porém caras. Você encontra artesanato bem bonito também nas lojinhas da cidade velha e com preços mais justos.

Comece seu roteiro logo pela ponte, para ficar boquiaberto com a cidade de um vez!

Leste europeu2013 1227

Distrito do Castelo (Hradčany)

Muito bem, atravessou a ponte Carlos, certo? Achou a ponte linda? Então suba as escadarias para chegar ao Hradcany (Distrito do Castelo) pra ver que ainda tem muito mais!

No alto da colina, está o castelo de Praga. Construído no século 9, a área de quase 8 hectares é cercada por muralhas e abriga diversas edificações de épocas e estilos diferentes. Suas ruas estreitas nos remetem a séculos passados e é um lugar incrível. São cinco as construções principais dentro do complexo do Castelo. Você pode adquirir o ingresso para todas as atrações ou comprar separadamente.

Catedral de São Vito (Katedrála svatého Vít)

Em estilo predominantemente gótico, a construção iniciou-se com o imperador Carlos IV  sendo a obra finalizada em 1929. Vários detalhes nos estilos renascentistas e barrocos foram adicionados a edificação. Na minha humilde opinião, é o lugar mais bonito de todo o entorno do castelo.

Basílica de São Jorge (Bazilika svatého Jirí)

Construída no século 10 por ordem do príncipe Vratislav I, a Basílica tem sua fachada bastante discreta em comparação a da Catedral de São Vito.

Antigo Palácio Real (Starý Královský Palác)

Construído no século 12 era utilizado pelo rei para  banquetes e outros eventos.

Se você não puder visitar todas as edificações, não se preocupe, caminhe pelas pequenas ruas do Castelo com tranquilidade.

                                                                                                                                                                                                    

 A entrada na área do castelo é gratuita, das 5h às 24h no verão, e das 6h às 23h no inverno. No site oficial do castelo de Praga é possível ver os tipos  e valores dos tíquetes para as atrações do castelo. Eu sugiro a visita curta, a longa pode se tornar cansativa demais.

Nos próximos dias, a gente publica o roteiro para o segundo e terceiro dias em Praga.

até lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: