Sugestões de comidinhas em Santiago no Chile

Olà pípol!

Eita lugar pra ter restaurante bom!!  Santiago tem tanta mas tanta opção boa para comer que me arrependi de fazer duas refeições nos shoppings da cidade.

No Bairro Bellavista, um lugarzinho ótimo para caminhar, com casinhas coloridas e perto do Cerro  San Cristóbal e do museu La Chascona- casa onde viveu  Pablo Neruda, há restaurantes incríveis. Famosos ou não a dica é não ficar só pelo pátio Bellavista, um centro gastronômico “pega-turista”. Vá caminhar pelo bairro e escolha um restaurante para ser feliz!! Não são restaurantes baratinhos mas valem a pena pela gastronomia de qualidade. Aliás, o Chile é uma país caro, são muitos milhares de Pesos por dia para aproveitar a cidade.

A nossa escolha foi o Barandiarán, praticamente ao lado do famoso Como água para chocolate, que já tinha encerrado o almoço naquele dia. (já passava das quatro da tarde)

Escolhemos este e não nos arrependemos, pelo contrário, lugar gostoso, com comida maravilhosa. Os pratos escolhidos foram um cordeiro com arroz de curry e filé mignon com batata e cebolitas (um tipo de cebola roxa bem pequena e docinha).  Ahhh e para beber, cerveja austral e suco de Chirimoya – uma fruta parente da pinha ou fruta –do-conde.

 

chile2014-964 chile2014-958  chile2014-960 chile2014-962

 

Outro lugar que reúne a essência da gastronomia do Pacífico é o Mercado Central. No meio daquelas lojas com peixes  exóticos para nossos olhos e um cheirinho de mar espalhado pelo ambiente, estão reunidos restaurantes maravilhosos! A especialidade: peixes e mariscos. Muito vinho e muito pisco sour,  além de uma experiência gastronômica, é uma experiência cultural.

Adoro esses mercados, estar em contato com a realidade, com algo mais profundo e mais longe daqueles programas turistões. Se tem uma mercado desse tipo na cidade, pode ter certeza de que vou bater ponto lá.

No meio de tantas opções, escolhemos o restaurante do Richard, um chileno pra lá de animado e bastante regado a pisco sour… servido à vontade nesse restaurante, eu te digo uma coisa: esse suco de limão pra lá de alcólico não precisa de mais de duas doses pra fazer a pessoa ficar mais “alegre” , não. Portanto, pegue leve…

Os pratos escolhidos foram a base de salmão.  E acho que foi uma das raras vezes que senti o verdadeiro gosto do salmão. O peixe rosado que comemos aqui no Brasil, só pode ser um primo distante, o gosto é totalmente diferente…

 

dscn0250 dscn0254 dscn0255
Um ‘joinha” do nosso amigo Richard, dono do restaurante
dscn0256
Enfim, com vinho da casa, muita animação e gentileza dos garçons, almoçar no Mercado Central de Santiago, é parada quase obrigatória!
dscn0259

 

 

3 thoughts on “Sugestões de comidinhas em Santiago no Chile

  • 04/07 at 6:14 pm
    Permalink

    Viajei pela segunda vez à Santiago, pois tenho amigos chilenos queridos lá, e a culinária de lá não me encanta como te encantou, pelo contrário, a única noite que jantei bem foi quando fui ao Giratório e no Almoço no Hotel do Valle Nevado. Barandiaran é peruano, e em Lima sim se come muito bem, lá em qualquer lugar que vc vá se alimenta bem e gastando pouco, para gostos mais luxuosos e refinados indico os excelentes restaurantes Lagosta Chez e Rosa Náutica.

    Reply
  • 13/05 at 4:21 pm
    Permalink

    Comer em Santiago é tudo de bom e apesar de caro, vale muito a pena comer a famosa centolla!

    Reply
    • 13/05 at 6:39 pm
      Permalink

      não tive coragem! fiquei só no salmão…. rssrsrs

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: